Monday, June 30, 2008

FÁBIO BARBOSA - UM DOS MAIS PROMISSORES TALENTOS DA NOVA GERAÇÃO FUTEBOLISTICA CABOVERDIANA DA LIGA NELASA


Por Tony Araujo - Nova Yorke

A Liga NELASA é actualmente recheada de uma nova geração de talentosos jovens futebolistas Caboverdianos. Entre os muitos, a destacar temos o polivalente e autoritário Jayr (Clube Tabanka), o experiente e habilidoso Senny (Fidjos Terra) o talentoso Valdano (Nos Bandera), o malabarista Zidane (Nos Bandera), o possante defesa central Sandro (Aliança CV), o versátil Queivon (Aliança), o tecnicista Soso (Aliança) e os irmãos elegantes e estilosos craques Adélcio e Moisés da Strela Negra. Entre todos esses GRANDES é de realçar o talentoso e versátil jogador, FÁBIO BARBOSA do Clube Tabanka, actualmente muito cobiçado por várias emblemas da Liga NELASA.

De nome, é Fábio Barbosa; de idade é 18 anos; de posição, é avancado; e de equipa é Clube Tabanka. Fábio, na sua primeira época na NELASA, é já considerado como um dos mais promissores talentos do futebol local. Actualmente ele milita no Clube Tabanka de Boston. Após ter sido inactivo por um periodo de 7 meses, devido a uma lesão gráve num dos joelhos, imigrou-se para os Estados Unidos da America, há dois anos, onde de imediato ingressou na prestigiosa escola secundária privada de "Hampton High School", na cidade de Hampton, no estado de New Hampshire. Após dois anos de estudos nessa instituição, terminou no passado Junho os seus estudos liceais, mas mesmo assim continua fazendo estudos "pós-graduação" na referida instituição para o aperfeicoamento da lingua inglesa e também para explorar as opções de obter uma bolsa de estudos que o facilitará a dar continuidade aos estudos e a practicar futebol a nivel universitário aqui nos Estados Unidos da America.


Ele iniciou a sua carreira futebolistica, como muito dos nossos jovens caboverdianos da presente geração, na famosa Escola EPIF, mais conhecida por "Escola Djédji" sob a tutela do Professor José Ramos Lobo "Djédji". Este atleta já representou a instituição EPIF e a Cabo Verde num jogo internacional disputado contra a formação U12 do Barcelona da Espanha entre vários outros torneios internacionais em que a equipa juvenil da Escola EPIF teve a enorme proeza de participar. Também, ele teve o privilégio de frequentar a Academia do Sporting Clube de Portugal por duas semanas representando a equipa U15 dessa organização antes de arrumar as suas botas com o destino a terra do "Tio Sam".

Os muitos que já o viram jogar este ano na actual campanha da Liga NELASA ficaram extremamente impressionados com o seu talento futebolistico e sobretudo em relação a maturidade e comportamento disciplinar como encara o futebol. Ele tem-se destacado em vários jogos da Liga NELASA representando a equipa do Clube Tabanka, e é de salientar que ao longo do dessa campanha ele tem conquistado o coração de muitos dos "fans" que rigorosamente acompanharam as equipas da Liga NELASA semana pos semana.


Se ele mantiver os afincos futebolisticos que vem demonstrando pelos relvados por onde passa, certamente que esse talentoso e versatil jogador tem um futuro brilhante nas andanças futebolisticas. Actualmente ele vem trabalhando com muito empenho e rigor sob a tutela do conhecido maestro e antigo futebolista Caboverdiano Zé di Pecha (ex Sporting da Praia e Sparta de Rotterdam) que tem muito para lhe ensinar das experiencias futebolisticas acumuladas na alta-roda do futebol Caboverdiano e profissional Europeu.

Actualmente Fábio encontra-se de férias com a sua familia em Cabo Verde. Mas, brevemente ele regressará aos relvados da NELASA para tentar ajudar a sua equipa, a poderosa e temivel Clube Tabanka de Boston, a revalidar o titulo da Liga NELASA.


O futuro promete ser bem risonho para este talentoso jogador considerado como uma das raras pérolas da Liga NELASA, já que ele poderá futuramente vir a ser sondado pela equipa professional local do New England Revolution através do Português, Senhor Mário Pratas, o recém empossado Director de futebol juvenil da referida organização.

8 comments:

  1. Dju D'emiliaJune 30, 2008 at 1:34 PM

    tony kes bu artigos sta mais apropriado pa site de tabanka undi e objectivo e ser meio de propaganda de bu team.nao pa criolosports undi objectivo e imparcialidade.

    ReplyDelete
  2. Dju, ki mal tem na promovi un joven talento? Artigo e sobri Fabio Barbosa, nao Tabanka.

    ReplyDelete
  3. "pederosa e temivel team de tabanka"alguem neutro ka ta eskrebeba si.
    sima nflau keli e propagada pa site de tabanka.

    ReplyDelete
  4. Dju, do you the difference between a news story and a column? This is a classic example of a column in which the author is entitled/free to draw conclusions and vent opinions.

    ReplyDelete
  5. o fabio e um bom jogador ele tem muita tecnica , ja vi ele jogar em pawtucket contra juventude , espero ke ele continua a fazer as mesmas coisa k ele fez na 1 fase do campeonato e melhor ainda mas tem um jovem jogador de juventude tamben que e bom de bola , ele chama patrick ,ele e melhor marcador da equipa de juventude , ele tambem e un talentoso de nelasa 2007 , ja marcou 7 golos na 1 fase do campeonato , nao esquecam dele tamben pk e seu primeiro ano em nelasa enfim para mi ele e o fabio sao os futuros crakes caboverdianos nessa area
    yea obrigado!!!!!!

    ReplyDelete
  6. nha bro abo e mas bom qui tudo homi ....... ma bu tem qui djuga na Nos bandera go ..
    nos bandera .....IGor

    ReplyDelete
  7. Odjo na Varzia!
    A grandes talentos na Nelasa, ka nu favorezi nos meninos bunito...
    temos e q ter um visoa ambla das coisas e dos valores q nos rodeia...
    quenha k nunca odja a tecnica e maturidade do "LOS" Tony di Banco, bulicisso, possuidor de um tecnica d estrelas,...Kenny"Viera" bussante, de uma estrutura fisica q precisa ser lapidada mas como mt a dar...

    ReplyDelete
  8. NeLASA...Para q este campionato tenha mais valia e preciso que os tecnicos"treinadores" tenha alguma formacao na areia, nao so no futebol jogado mas tb nao na desciplina que possam transmitir aos atletas, para que esses tenham maior responsabilidade, nao so como desportitas mas tb na vida social"quotidiano" para que assim possam dignificar o desporto em si e a nossa propria comunidade para que tenhamos a respeito e que os nossos valores e a nossa cultura tenha maior introducao na vida social dos mais novos que esses possam vir a seguir as idiologia da vida de puro Caboverdiano e que atravez do desporto adquirem maior conhecimento da nossa historia para que com isso acha um elo de ligacao com os pais para assim criar um entendimento no ceio familiar e comunitario...

    ReplyDelete